Por que fazer um intercâmbio?

[:pb]Intercâmbio

Estudar no exterior é essencial para quem deseja dominar com propriedade outro idioma, obter uma carreira de sucesso, e mergulhar de cabeça em culturas diferentes. Veja a seguir três bons motivos que te mostram porque você precisa fazer um intercâmbio.

1- Novo idioma fluente:

Talvez este seja o motivo mais importante que leva a maioria das pessoas a estudar no exterior. Também é a forma mais fácil de aprender com fluência outra língua.

Estar inserido em outra cultura e praticar o novo idioma o tempo todo vai te ajudar e muito no aprendizado.

Essa experiência, com toda certeza, vai ser o diferencial no seu currículo. O mercado atual está altamente competitivo e você precisa de um diferencial, o que geralmente é um domínio fluente da língua inglesa, que é o idioma da comunicação mundial.

2- Crescimento inevitável:

Quem está fazendo intercâmbio, ou quem já fez alguma vez, sempre diz que é uma das experiências mais incríveis da vida de alguém.

A experiência de estudar no exterior proporciona uma maior autonomia, independência, pro atividade e poder de comunicação. Além de fazer de você uma pessoa mais segura em suas relações no decorrer de sua vida.

Optar por um programa de intercâmbio em casa de família é um ótimo caminho para mergulhar na cultura local. Ainda mais, viver esse momento tão especial faz você criar amizades que serão para sempre, acredite!

3- Viva histórias incríveis:

Fazer um intercâmbio é coisa pra quem gosta de explorar novos costumes e culturas. Ao conhecer novos lugares você vai conhecer muitas pessoas e ver coisas que nunca viu.

Você provavelmente vai passar por situações engraçadas no processo de praticar a nova língua.

Por isso, registre o máximo de experiências que puder  para contar para seu amigos e familiares, histórias para contar é que não vão faltar, e as melhores, tem tudo para serem as suas!

Como fazer um intercâmbio?

Queremos te deixar mais perto do seu sonho de estudar no exterior. Temos parceria com as melhores escolas de Intercâmbio nos Estados Unidos, Canadá, França e Argentina.

Aqui você também tem orientação para escolher qual a melhor escola ou programa de intercâmbio de acordo com seu perfil.

O que você está esperando? Essa é a sua chance de fazer um intercâmbio que vai mudar sua vida, clique aqui e entre em contato, estamos esperando por você!

[:]

Um passo a frente

Quais os seus objetivos profissionais? Sempre sonhamos muito com isso. Somos estimulados, desde a infância, a imaginarmos como seremos após atingirmos a maturidade, e isso sempre estimulou os nossos sonhos. Porém, quando chegamos nessa fase, percebemos que só sonhar não basta. Existe um longo caminho até a realização de nossos sonhos, e o que não vale é desistir.

Confira estas duas reportagens sobre o mercado de trabalho. Os vídeos são de um quadro do Jornal Hoje, um foi ao ar em 2009 o outro em 2015. Perceba o que mudou de lá pra cá.

Observe que, em 2009, a exigência da língua estrangeira no mercado era bem mais sutil que em 2015, mas em 2009 já se falava da importância de saber muito mais que do só Inglês. Imagina em 2015, e, agora, em 2016, como está?

Cada dia que passa, o mercado fica mais exigente nesse sentido. Qualificar-se em línguas é considerado essencial como parte da busca em melhores resultados do candidato. Um curso que tem um incrível peso no seu currículo e, principalmente, na sua forma de ver o mundo. A língua não é uma exigência meramente curricular, é uma exigência do seu cérebro. Já ouviu falar em inteligência linguística? Não? Bom, isso é assunto para outro artigo, mas saiba que ela faz uma grande diferença na sua vida como um todo.

Quanto tempo mais você vai esperar para realizar seus sonhos? Quanto tempo para tomar uma atitude que fará uma grande diferença na sua vida? Quanto mais o tempo passa, mais distante ele fica? Traga-o para mais perto de você! Traga-o para a sua Realidade!

Dicas de como estudar a gramática de uma língua estrangeira!

Hoje queremos  dar algumas dicas do que você realmente precisa saber sobre a gramática de uma língua estrangeira.

 

Gramática

 

Primeiro vamos mostrar por onde você pode começar e o que você deve deixar para a aprendizagem posterior.

O aprendizado com a gramática deve sempre seguir esta regra:

Comece estudando sempre do mais simples para o complexo.

A final de contas é pouco útil você começar a estudar orações subordinadas altamente complexas ou aprender uma regra de exceção raramente usada.

Tenha sempre em mente que o objetivo de seus esforços é aprender a falar um novo idioma! É claro que mais tarde você vai lidar com fenômenos gramaticais mais difíceis, mas você deve começar sempre com um capítulo simples e básico.

Aproveite e desfrute das gramáticas que oferecemos em nosso Multimídia!

Primeiro aprenda o básico sobre as diferentes categorias gramaticais.

Depois veja se você é capaz de responder as seguintes perguntas:
– em relação aos numerais: Como contar em uma língua estrangeira até cem?
– em relação aos substantivos: Como formar o plural? Os substantivos da língua estrangeira são declinados? Se sim, como se usa o acusativo e o dativo de um substantivo?
– em relação aos artigos: Existe artigos definidos ou indefinidos?
– em relação aos adjetivos: Onde é a posição dos adjetivos (antes ou depois da palavra a que se referem)? Como se usa o grau dos adjetivos? Como comparar com um adjetivo?
– em relação aos verbos: Os verbos são conjugados? Se sim, há diferentes classes de verbos? Como construir o presente, o passado e o futuro de um verbo? Quais são os verbos mais usados? Há muitos verbos irregulares?
– em relação aos pronomes: Quais são os pronomes pessoais? Quais são os pronomes possessivos? Os pronomes são declinados?
– em relação à sintaxe: Como é a regra básica de construção de uma oração na língua estrangeira? Como uma frase é negada nesta língua? Como fazer uma pergunta?

 

Se você é capaz de responder estas perguntas, então seus conhecimentos na língua estrangeira são sólidos e você pode facilmente compreender e construir frases.

Sites para praticar o que foi visto nas aulas de idiomas

Já trouxemos dicas para quem quer aproveitar o tempo livre para manter o francês afiado além das aulas e atividades extracurriculares da Transworld. Agora, separamos alguns sites e aplicativos úteis para praticar não só o francês, mas também vários outros idiomas. Confira!

Canais de vídeo

Na internet, é possível encontrar vários vídeos educativos, que simplificam a linguagem, e outros normais, feitos para faltantes nativos do idioma que você estuda. Pra iniciantes, uma série interessante é a Extr@, formatada em estilo sitcom. Os episódios têm legendas e conseguem criar situações além do básico “se apresentar”, “pedir comida em restaurante” etc, usando um vocabulário simples. Os episódios estão disponíveis no Youtube em alemão, francês e espanhol.

Rádio e podcasts

Além de vídeo, outra opção é ouvir rádios de vários lugares do mundo, usando serviços como o Tunein Radio, que pode ser acessado tanto pelo site quanto por um aplicativo mobile. Outra opção é procurar podcasts na língua sobre assuntos que você curte!

O TuneIn tem rádios do mundo todo e tem app pra celular

Dicionários

Além do Google Translate, existem alguns bons dicionários na internet. Uma boa opção é o WordReference, que é bem detalhado e inclui muitos sentidos para a mesma palavra. Outra dica é o bab.la, que tem versões português-inglês, português-espanhol e português-alemão. Ele dá exemplos de frases com as palavras buscadas e a opção de ouvir um áudio pra conferir a pronúncia, além de incluir vários sinônimos nos resultados. Para o celular (Android), vale a pena baixar o app de dicionário do PONS, que é grátis e bastante completo.

Quais países do mundo falam inglês?

Está planejando as próximas férias e quer ir para um país onde possa praticar o inglês? Saiba que suas opções de destinos vão muito além dos mais convencionais como Estados Unidos, Reino Unido, Austrália, Nova Zelândia e Canadá. No mundo todo, existem aproximadamente 430 falantes nativos do idioma, além de 950 milhões de não nativos.

Alguns exemplos de países com língua inglesa “de jure”, ou seja, pela lei, são Malta, Belize, Quênia, Malawí, Ilhas Marshall, Samoa, Seychelles, Singapura, Ilhas Salomão, África do Sul e Trinidad e Tobago.

valetta-malta

Valetta, a capital de Malta

Já entre os que tem o idioma “de facto”, ou seja, que o utilizam na prática, estão vários países caribenhos: Bahamas, Barbados, Jamaica, Granada, São Vicente e Granadinas, São Cristóvão e Nevis e Antígua e Barbuda.

barbados

Barbados, no Caribe

Sem falar nas “entidades não estatais” que usam a língua, como as Ilhas Cayman, Ilhas Virgens Britânicas e Americanas, Bermudas, Montserrat e Tokelau.

Que tal aproveitar para conhecer destinos diferentes e, de quebra, colocar em prática o que você aprendeu nas aulas da Transworld?

Como se tornar fluente em outros idiomas

IMG_1101_peq

Quer aprender um idioma em pouco tempo? Não existe formula mágica: o segredo está na dedicação! O ideal é estar em contato diário com a língua estrangeira, da mesma forma em que um atleta treina frequentemente para se aperfeiçoar. Pensando nisso, a Transworld oferece diversas atividades gratuitas para complementar as aulas regulares, como o Spotlight Club, o Club de Voyage, o Español en Acción, as aulas de conversação e eventos culturais. Confira nossas dicas para tornar esse aprendizado ainda mais eficiente:

Participe das aulas

Não basta estar presente nas aulas: procure manter-se atento, anotar o que for importante, tirar dúvidas e participar das atividades propostas pelo professor. Aproveite as oportunidades para interagir com seus colegas usando sempre a língua estrangeira!

Estude por ao menos 20 minutos ao dia

Para ganhar fluência, o ideal é separar um momento para estudar a língua todos os dias, além das aulas. Durante ao menos 20 minutos, revise o que viu em sala de aula e faça os exercícios propostos pelo professor, dando especial atenção aos assuntos em que tiver mais dificuldade.

Use recursos alternativos

Na internet, você encontra vários sites com exercícios complementares gratuitos, além de jogos, músicas e vídeos em outros idiomas. Reveja filmes que você já conhece, mas dessa vez na versão original, com legenda na língua que você está estudando. Leia livros adequados ao seu nível de aprendizado e tente apreender o significado das palavras desconhecidas pelo contexto da história. Existem também sites onde você encontra falantes nativos da língua interessados em aprender português; assim, vocês ensinam um ao outro e aprendem sobre a cultura do país e a língua falada no dia a dia.

A importância de aprender outro idioma desde criança

alunos-pequenos

Não ter vergonha de errar é essencial para o aprendizado de idiomas. Por isso, o melhor período para o aprendizado de uma nova língua é a infância, quando somos menos ansiosos e temos menos medo de arriscar e experimentar o novo. Além disso, o cérebro das crianças está em constante transformação, estabelecendo sempre novas conexões baseadas nos estímulos recebidos.

Assim, a exposição precoce a uma nova língua faz com que sua aquisição flua naturalmente. Como se não bastasse, o aparelho fonético dos pequenos também está em formação, então outro benefício de aprender um segundo idioma desde cedo é a facilidade de atingir uma pronúncia igual à dos falantes nativos.

E as vantagens de crescer com fluência em outro idioma são mais do que comprovadas: além de estimular o raciocínio e a criatividade, habilidades linguísticas facilitam o acesso a diferentes culturas, expandindo a visão de mundo do indivíduo. Não restam dúvidas de que vale a pena começar desde cedo, não é? Por isso, a Transworld oferece turmas voltadas para crianças a partir dos 5 anos de idade, com aulas lúdicas e divertidas. Matricule seu filho!