Por que fazer um intercâmbio?

[:pb]Intercâmbio

Estudar no exterior é essencial para quem deseja dominar com propriedade outro idioma, obter uma carreira de sucesso, e mergulhar de cabeça em culturas diferentes. Veja a seguir três bons motivos que te mostram porque você precisa fazer um intercâmbio.

1- Novo idioma fluente:

Talvez este seja o motivo mais importante que leva a maioria das pessoas a estudar no exterior. Também é a forma mais fácil de aprender com fluência outra língua.

Estar inserido em outra cultura e praticar o novo idioma o tempo todo vai te ajudar e muito no aprendizado.

Essa experiência, com toda certeza, vai ser o diferencial no seu currículo. O mercado atual está altamente competitivo e você precisa de um diferencial, o que geralmente é um domínio fluente da língua inglesa, que é o idioma da comunicação mundial.

2- Crescimento inevitável:

Quem está fazendo intercâmbio, ou quem já fez alguma vez, sempre diz que é uma das experiências mais incríveis da vida de alguém.

A experiência de estudar no exterior proporciona uma maior autonomia, independência, pro atividade e poder de comunicação. Além de fazer de você uma pessoa mais segura em suas relações no decorrer de sua vida.

Optar por um programa de intercâmbio em casa de família é um ótimo caminho para mergulhar na cultura local. Ainda mais, viver esse momento tão especial faz você criar amizades que serão para sempre, acredite!

3- Viva histórias incríveis:

Fazer um intercâmbio é coisa pra quem gosta de explorar novos costumes e culturas. Ao conhecer novos lugares você vai conhecer muitas pessoas e ver coisas que nunca viu.

Você provavelmente vai passar por situações engraçadas no processo de praticar a nova língua.

Por isso, registre o máximo de experiências que puder  para contar para seu amigos e familiares, histórias para contar é que não vão faltar, e as melhores, tem tudo para serem as suas!

Como fazer um intercâmbio?

Queremos te deixar mais perto do seu sonho de estudar no exterior. Temos parceria com as melhores escolas de Intercâmbio nos Estados Unidos, Canadá, França e Argentina.

Aqui você também tem orientação para escolher qual a melhor escola ou programa de intercâmbio de acordo com seu perfil.

O que você está esperando? Essa é a sua chance de fazer um intercâmbio que vai mudar sua vida, clique aqui e entre em contato, estamos esperando por você!

[:]

Cinco vídeos de viagem inspiradores

Para quem estuda um idioma estrangeiro, poucas coisas são tão satisfatórias quanto viajar a um país onde a língua é falada e conseguir se comunicar com os nativos, não é? Para inspirar viagens incríveis em 2015, fizemos uma seleção de cinco vídeos de várias partes do mundo. Vamos lá?

Splitscreen: A Love Story

Com a tela dividida em duas, este vídeo mostra um dia em Nova Iorque e em Paris, vivido por duas pessoas ao mesmo tempo.

splitscreen

Around the World in 360° Degrees – 3 Year Epic Selfie

Usando uma GoPro, o autor do blog Modern Motocycle Diaries gravou este vídeo durante 600 dias de viagem de moto por mais de 200.000 km, passando por 36 países.

epicselfie

Scattered Flurries

De floquinhos caindo e criancinhas cheias de casaco a esquiadores nas montanhas de Telluride, no Colorado (EUA), esse vídeo é cheio de neve!

flurries

Travel Love

Lindas imagens de três “mochilões” condensadas em cinco minutos. Se apaixone pelo Chile, Bolívia, Peru, Uruguai, Argentina, Vietnã, Camboja e Tailândia.

travellove

Barcelona GO!

Barcelona, capital da Catalunha, é uma das cidades mais incríveis da Espanha. Esse vídeo em  hyperlapse dá uma boa ideia dos seus encantos.

barcelona

Quais países do mundo falam inglês?

Está planejando as próximas férias e quer ir para um país onde possa praticar o inglês? Saiba que suas opções de destinos vão muito além dos mais convencionais como Estados Unidos, Reino Unido, Austrália, Nova Zelândia e Canadá. No mundo todo, existem aproximadamente 430 falantes nativos do idioma, além de 950 milhões de não nativos.

Alguns exemplos de países com língua inglesa “de jure”, ou seja, pela lei, são Malta, Belize, Quênia, Malawí, Ilhas Marshall, Samoa, Seychelles, Singapura, Ilhas Salomão, África do Sul e Trinidad e Tobago.

valetta-malta

Valetta, a capital de Malta

Já entre os que tem o idioma “de facto”, ou seja, que o utilizam na prática, estão vários países caribenhos: Bahamas, Barbados, Jamaica, Granada, São Vicente e Granadinas, São Cristóvão e Nevis e Antígua e Barbuda.

barbados

Barbados, no Caribe

Sem falar nas “entidades não estatais” que usam a língua, como as Ilhas Cayman, Ilhas Virgens Britânicas e Americanas, Bermudas, Montserrat e Tokelau.

Que tal aproveitar para conhecer destinos diferentes e, de quebra, colocar em prática o que você aprendeu nas aulas da Transworld?

Como se organizar financeiramente para fazer intercâmbio

economia_viagens

Sonha com um intercâmbio, mas não consegue economizar o suficiente para transformar esse sonho em realidade? Confira três dicas da Transworld para organizar as finanças e alcançar o objetivo de estudar outro idioma e viver experiências incríveis no exterior:

1. Faça uma estimativa dos custos da viagem

O primeiro passo é fazer uma estimativa do que vai gastar. Para isso, entre em contato com empresas conveniadas a escolas de idiomas no exterior, como é o caso da Transworld. Informe-se sobre valores de cursos, hospedagem, alimentação, passagem, deslocamentos internos e seguro viagem.

2. Observe quanto gasta no dia a dia

Você sabe exatamente para onde vai seu salário a cada mês? Passe pelo menos um mês registrando todos os seus gastos no papel, computador ou usando aplicativos para o celular como o Money Wise. Anote tudo, desde as despesas fixas como aluguel, TV a cabo, seguro de saúde, conta de telefone e conta de luz aos gastos com alimentação, cinema, festas e compras. Isso vai lhe ajudar a perceber quais gastos podem ser evitados e que impacto eles têm no seu orçamento. Pequenas economias diárias podem fazer a diferença!

3. Faça uma projeção de economia mensal

O terceiro passo é decidir quando você quer ou pode fazer o intercâmbio e criar uma planilha determinando quanto precisa juntar por mês para chegar ao valor necessário. Para isso, leve em consideração o primeiro item dessa lista (quanto precisa guardar para a viagem) e o segundo (quanto você consegue economizar por mês). Depois de estipular um objetivo, atenha-se a ele! Se possível, programe uma transferência automática desse valor para sua poupança.

Viaje com a Transworld

A Transworld tem parcerias com escolas de idiomas em vários países, oferecendo programas de intercâmbio personalizados de acordo com suas necessidades. Para saber qual é o intercâmbio ideal para você, entre em contato conosco através do telefone 3302-6120 ou compareça à unidade Boa Vista, localizada na Av. Conde da Boa Vista, 1460.

Como economizar no intercâmbio

dinheiro_passaporte_mapa._peqjpg

Aprender ou praticar outro idioma, conhecer diferentes culturas, desenvolver a independência, sair da rotina, fazer novos amigos e dar um belo upgrade no currículo são apenas algumas das vantagens de um intercâmbio. Alguma dúvida de que esse é um bom investimento? Se você pensa que os gastos são altos demais para você, confira nossas dicas:

Procure um destino com baixo custo de vida

Procure saber qual é a média de custo de vida nos países que lhe interessam. Além dos destinos mais tradicionais como Espanha e Inglaterra, existem diversos outros onde o inglês e o espanhol são a língua oficial e os preços de aluguel, alimentação e transporte são razoavelmente baixos. Também vale evitar a capital do país desejado e preferir uma cidade menor, onde tudo costuma ser mais barato. Para ter uma ideia dos custos de vida em outros países, uma dica é consultar o site Numbeo.

Escolha um país onde é permitido trabalhar

Outra opção é viajar pra um país onde você possa trabalhar legalmente, como Irlanda, Austrália e África do Sul. Existem programas que combinam estudo (aula do idioma local) e trabalho, enquanto outros são só de trabalho, indo desde estações de ski e lanchonetes a acampamentos. Mesmo trabalhos fora da sua área de formação são experiências muito enriquecedoras!

Informe-se e planeje-se antes de viajar

Quando você se planeja com antecedência, além de poder parcelar alguns gastos e conseguir tarifas mais baratas pra outros, você tem mais tempo pra pesquisar sobre o destino. E quanto mais informação você tiver, mais difícil cair em roubadas e ter gastos imprevistos ou desnecessários.

Seja flexível durante a viagem

Mesmo se você não tem condições de viajar com luxo, não precisa desistir do sonho de fazer um intercâmbio. Comer e beber em casa, por exemplo, são hábitos simples que barateiam muito o dia a dia. Se estiver na Europa, a vontade de viajar é inevitável, com tudo tão pertinho, mas você pode dar prioridade às companhias aéreas “low cost”, que fazem promoções com frequência.